…um samba sobre o infinito


Para ver as Meninas
Paulinho da Viola

Silêncio por favor
Enquanto esqueço um pouco
a dor no peito
Não diga nada
sobre meus defeitos
E não me lembro mais
quem me deixou assim
Hoje eu quero apenas
Uma pausa de mil compassos
Para ver as meninas
E nada mais nos braços
Só este amor
assim descontraído
Quem sabe de tudo não fale
Quem não sabe nada se cale
Se for preciso eu repito
Porque hoje eu vou fazer
Ao meu jeito eu vou fazer
Um samba sobre o infinito

Marina e Ciro

A saída de Ciro e o retrocesso democrático

Qual o sentido político da democracia? É a liberdade de escolha bem informada. Numa eleição em dois turnos, como a presidencial, o primeiro foi concebido para oferecer ao eleitor um leque de alternativas políticas. A partir da diversidade de idéias e do debate entre elas, compete ao cidadão escolher as que entende serem as melhores para si e para o país.

É particularmente perverso que esse processo, que está no cerne da democracia, seja instrumentalizado para impedir abalos na manutenção de projetos de poder. Não é admissível que se queira manipular o direito de escolha por meio da redução forçada do leque de opções.

Assistimos agora, com o veto à candidatura de Ciro Gomes, a uma expressão exemplar desse tipo de intolerância democrática. É fácil prever que os mesmos grupos que trabalharam para tirar Ciro da disputa presidencial tentarão agora assimilá-lo.

Os que costumam agir dessa maneira são aqueles que têm dificuldade em transformar a visão democrática em ação e não admitem a alternância de poder. Primeiro, buscam eliminar os adversários que querem disputar legitimamente a preferência dos eleitores. Depois, tentam se colocar como o único hospedeiro possível para que os expurgados consigam sobreviver na vida pública.

Aquele que foi empurrado para fora do processo passa então a ser apontado como bom companheiro, patriota, desde que aceite ser assimilado por aqueles que articularam o seu expurgo.

Perde o país, perde a democracia.

*Texto da candidata postado no site Minha Marina, em 23/04/2010.

Machado

Está no ar!

A revista Machado, feita para a Web, com mais de 30 colaboradores em 180 páginas foi lançada na última sexta-feira, 23 de abril. O projeto é tocado pelo ‘senhor faz tudo’ Delfin e pode ser acessado em www.studiodelrey.com.br — na aba Machado.

Uma experiência para ser degustada. “Muita informação. Prosa, poesia, HQs, insights, ensaios, jornalismo, arte, ideias. Machado se construiu de modo livre e foi assim até o final”, enumera Delfin, que convidou gente de vários segmentos para integrar o projeto. Entre eles este escriba, que não conseguiu cumprir os prazos estabelecidos. Fica para o próximo número.

Entre as boas surpresas, está a participação da bela Simone Paterman, hoje pensando em Paris.

Vai lá. Confira!



Cheiro, textura e sabor

Depois de peregrinar por aí atrás de um novo modelo de página, fazendo alguns testes em casas que não agradaram a muitos, creio que chegamos a um ponto bem próximo do ambicionado. Foi uma busca sôfrega por algo que estivesse ali entre o simples e o sofisticado. Simplicidade sem banalização, sofisticação sem frescura. Vai ser preciso tempo para nos acostumarmos aos novos cheiro, textura e sabor, mas este é, de fato, o seu novo Café Escuro.

Saboreie!

Você gosta de samba, aparece não avisa

Desenho by Mariana Newlands

Muitos sorrisos, histórias e historinhas. Vinho. Fraquinha para o álcool. Pouco vinho, então. Música boa. Memória oscilante. Qual é essa mesmo? Pode acontecer, dentro de alguns dias. Gostou do livro e pediu outro. Agora vai nadar de manhã e tem ido mais ao cinema à tarde. Quer cozinhar também, comprou até um livro desses com fotos bonitas. O cheiro é bom, mesmo sem perfume. Janelas abertas nº 7. Deixou um monte de coisas pra lá. Desde que voltou, está mais colorida. O que vou dizer? Acabar monotonia. Sem pesos extras. Dúvidas mais divertidas. Bifurcações infinitas. Uma horda de guardiões de plantão. Sem horizontes inóspitos. Só pra provocar. A grana tá pouca, a vida tá dura, mas um tiro só não vai te derrubar. Driblando a curiosidade. Que que isso minha gente?! Muitos risos, histórias e historinhas.

Ogan toca pra Ogum

Oração a São Jorge

Eu andarei vestido e armado com as armas de São Jorge para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me vejam, e nem em pensamentos eles possam me fazer mal.

Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem o meu corpo tocar, cordas e correntes se arrebentem sem o meu corpo amarrar.

Jesus Cristo, me proteja e me defenda com o poder de sua santa e divina graça, Virgem de Nazaré, me cubra com o seu manto sagrado e divino, protegendo-me em todas as minhas dores e aflições, e Deus, com sua divina misericórdia e grande poder, seja meu defensor contra as maldades e perseguições dos meu inimigos.

Glorioso São Jorge, em nome de Deus, estenda-me o seu escudo e as suas poderosas armas, defendendo-me com a sua força e com a sua grandeza, e que debaixo das patas de seu fiel ginete meus inimigos fiquem humildes e submissos a vós. Assim seja com o poder de Deus, de Jesus e da falange do Divino Espírito Santo.

São Jorge Rogai por Nós.

Oração a São Jorge II

São Jorge, cavaleiro corajoso, intrépido e vencedor; abre os meus caminhos, ajuda-me a conseguir um bom emprego; faze com que eu seja bem quisto por todos superiores, colegas, e subordinados; que a paz, o amor e a harmonia estejam sempre presentes no meu coração, no meu lar e no meu serviço; meus inimigos terão os olhos e não me verão, terão boca e não me falarão, terão pés e não me alcançarão, terão mãos e não e não me ofenderão.

São Jorge vela por mim e pelos meus, protegendo-me com suas armas.

O meu corpo não será preso nem ferido, nem meu sangue derramado; andarei tão livre como andou Jesus Cristo nove meses no ventre da Virgem Maria.

Amém.

Oração a São Jorge III

Ó Deus onipotente, que nos protegeis pelos méritos e as bênçãos de São Jorge.

Fazei que este grande mártir, com sua couraça, sua espada, e seu escudo, que representam a fé, a esperança, e a inteligência, ilumine os nossos caminhos…

Fortaleça o nosso ânimo nas lutas da vida. Dê firmeza à nossa vontade, contra as tramas do maligno, para que, vencendo na terra, como São Jorge venceu, possamos triunfar no céu Convosco, e participar das eternas alegrias.

Amém!