Indignação

"Eu voto no Serra e acho que teve armação, porque quem vota na Dilma são as pessoas de classe baixa. E grande parte dessas pessoas não viaja. Enquanto que os que votam no Serra estão se divertindo por todo o Brasil, né?", analisou o engenheiro Jadiel Beigo, 25 (à esquerda) -- Foto: Shin Shikuma/UOL

Espera aí… Deixa eu ver que entendi direito: o engenheiro Jadiel votaria no Serra, mas viajou no feriado prolongado. Ele viajou e acha que houve armação para ele viajar e ‘se divertir’, enquanto o país ia às urnas?

Ele acredita que os eleitores do Serra estão se divertindo em todo o país (ele inclusive) e está indignado com isso?

É isso mesmo?

O Jadiel acha, também, que os pobres fodidos que ficaram em casa, e elegeram a Dilma, fizeram merda e são parte da armação?

Então, é uma indignação dupla? Certo?

Boa sorte na volta do feriado, Jadiel.

Anúncios

Pingo é letra

Não, este Café Escuro não se meterá a fazer aqui análises políticas. A listagem disposta abaixo é apenas uma consideração superficial (e nada imparcial) sobre a contagem dos nossos dramas. Provavelmente a única e última neste sentido.

No cenário de terra arrasada em que se transformou esta eleição, para o país de um modo geral, se considerarmos especificamente o caso do Rio de Janeiro, dedicando especial atenção a listagem dos NÃO eleitos, veremos que nem tudo está perdido*.

Avaliem:

NÃO ELEITOS PARA O SENADO

JORGE PICCIANI (PMDB)             3.048.034       20,73
CESAR MAIA (DEM)                        1.627.050       11,06
WAGUINHO (PTdoB)                      1.295.946           8,81

NÃO ELEITOS PARA O CONGRESSO

NELSON BORNIER (PMDB)                72.352           0,90
MARCELO ITAGIBA (PSDB)               61.973           0,77
LAURA CARNEIRO (PTB)                   29.354           0,37
ELYMAR SANTOS (PP)                        26.742           0,33
SOLANGE AMARAL (DEM)                26.529           0,33
EURICO MIRANDA (PP)                     17.228           0,22

NÃO ELEITOS PARA ALERJ

CORONEL JAIRO (PSC)                           38.791        0,47 (ele entrou)**
VERONICA COSTA (PR)                          25.594        0,31
GERALDO PUDIM (PR)                            24.492        0,30
MYRIAN RIOS (PDT)                                22.169        0,27 (ela também)**

* Por outro lado, se pensarmos na quantidade de votos que os candidatos citados receberam, veremos que ainda temos muito chão pela frente.

** Daqui a pouco terei que fazer um outro post reconsiderando as considerações acima. Triste.